O Sicoobnet Empresarial é office banking do Sicoob. Mais de 10.000  empresas, associadas das cooperativas do Sicoob, já aderiram ao uso  deste canal de atendimento.
 
Por meio dele, você pode movimentar as contas da sua empresa, por meio da internet, de maneira simples e segura.
 
Com um visual mais moderno e facilidade para a navegação, agora você pode  realizar suas transações com poucos cliques de forma rápida e segura.
 
O Sicoobnet Empresarial pode ser instalado em sistemas operacionais  Windows e Linux e a atualização de versões do sistema é automática.
 
Ele permite que os prepostos da conta cadastrem operadores para realizarem  consultas e agendamentos de transações financeiras, de acordo com o  perfil de acesso desejado. As transações agendadas pelos operadores  ficam pendentes de assinatura dos prepostos e são efetivadas somente  quando uma combinação de assinatura da conta seja satisfeita.
 
O  Sicoobnet Empresarial permite que você acesse simultaneamente todas as  contas da sua empresa na cooperativa, desde que estejam vinculadas à  chave de acesso do usuário, sem a necessidade de entrar e sair do  sistema.
 
Os serviços disponíveis são saldos, extratos, pagamentos, transferências, empréstimos, investimentos, cartões e muito mais.

Se você já possui chave e senhas para acesso, Clique aqui para instalar o aplicativo.

Para esclarecer suas dúvidas ligue para a Central de Atendimento:
Central de Atendimento: 0800 642 0000
A Central de Atendimento atende de segunda a domingo das 7h00 às 22h00.


ACESSO E NAVEGAÇÃO

• Verifique se as letras "https" aparecem no campo de endereço. A sigla mostra que você está em um ambiente seguro e confiável.

• Confira se no campo de endereço você está no site  empresarial.sicoobnet.com.br/instalador. Essa ação reduzirá o risco de  fraudes.

• Nunca responda e-mails que solicitam seus dados  bancários, por exemplo, número de conta, agência/cooperativa, senhas de  acesso, etc.

• Mantenha o hábito de verificar data e hora do seu último acesso ao Sicoobnet Empresarial.

• Evite realizar operações em equipamentos de uso público, como quiosques e cibercafés. Eles podem estar com programas antivírus desatualizados  ou preparados para capturar os seus dados.

• Não abra e-mail deorigem desconhecida. Evite também executar programas ou abrir arquivos  anexados, sem antes verificá-los com antivírus atualizado.

• Não  abra e-mails de corrente (spam). Trata-se de mensagens que oferecem  facilidades promocionais, propaganda enganosa, curiosidades, textos de amizade e outros títulos, sempre orientando o reenvio para 10 ou mais  amigos. Elas são muito utilizadas para propagar vírus e instalar  programas indevidos no seu computador.

• Evite fazer downloads em sites que não são confiáveis.

• Use browsers e antivírus mais atualizados.


SENHAS

• Memorize a sua senha. Ela é pessoal e intransferível.
• Não dê a sua senha para outras pessoas, mesmo que sejam de confiança. Evite que vejam você digitar os números.
• Evite anotar os números no papel. Se desconfiar que alguém descobriu a  sua senha, substitua-a imediatamente na sua cooperativa ou nos terminais de auto-atendimento.
• Aceite ajuda somente de funcionário devidamente identificado.


SOFTWARES DE PROTEÇÃO

• Instale e mantenha sempre atualizado programas de proteção (antivírus,  anti-spyware, anti-trojan e firewall) em seu computador.
• O vírus pode danificar o equipamento e até apagar todos os seus dados.
• O spyware é capaz de colher informações sobre o usuário e seus costumes na internet, transmitindo os dados sem autorização.
• O trojan, mais conhecido como cavalo de Tróia, permite que outras pessoas tenham controle de seu equipamento.
• Firewall é um sistema desenhado para prevenir acessos não autorizados a uma rede ou computador específicos. Funciona como um vigia que monitora qualquer ação suspeita.
• Para evitar esses problemas, recomenda-se que você não abra e-mail ou execute programas de origem desconhecida.


CADASTRO DE COMPUTADORES

• Para tornar as suas transações mais seguras, o Sicoobnet Empresarial  disponibiliza uma funcionalidade de segurança, o cadastro de computadores.
• Essa opção de segurança permite a identificação do computador do  usuário a partir de informações da máquina e com isso evita que terceiros possam movimentar as contas utilizando computadores não  cadastrados.


PRÉ-REQUISITOS

Para o funcionamento da ferramenta de segurança é necessária a instalação da "Máquina Virtual Java". Para maiores informações consulte a opção  "Instalar Máquina Virtual Java" do menu "Teclado Virtual". Durante a  identificação do computador um alerta de segurança será apresentado,  informando que o componente de identificação (applet) é proveniente de  uma entidade certificadora. Aceite a execução do componente clicando em  "Executar (Run)". Recomendamos clicar no campo "Sempre confiar no  conteúdo deste editor (Always trust content from this publisher)".


CADASTRAMENTO

A adesão ao Cadastramento de Computadores não é obrigatória. No entanto,  as contas correntes sem cadastro de computadores somente terão acesso às transações de consultas. As contas com computadores cadastrados e  liberados estarão aptas a efetuar transações financeiras. Este cadastro  será solicitado quando o usuário utilizar um computador onde nunca tenha acessado o sistema.

Caminho de acesso para o cadastro do computador: Configurações "Outras Opções  > Cadastro de Computadores > Liberação de Computadores"

O teclado virtual é a maneira mais segura para o usuário utilizar o  Sicoobnet Empresarial, pois aumenta a proteção contra os diversos tiposde vírus, principalmente aqueles que monitoram a digitação do teclado. A Chave de acesso deverá ser memorizada por ser pessoal e intransferível.

Após confirmar o cadastramento, com a Senha de Efetivação de 6 dígitos no  Teclado Virtual, o sistema irá apresentar uma tela com o Comprovante de Cadastramento, conforme demonstra a figura abaixo:

Observações:

• Não é permitido a utilização de apelidos iguais para a mesma conta;
• A data de validade não é obrigatória e quando não for informada, a validade será indeterminada;
• Haverá validade de quinze (15) dias para a liberação do código de  cadastramento. Após este período será necessário a geração de um novo código de liberação para o computador;
• A data de validade não pode ser retroativa;
• Caso o computador esteja bloqueado é necessário que você faça um novo cadastramento.


LIBERAÇÃO

Para concluir o cadastro do computador é necessário proceder a sua liberação utilizando um dos seguintes canais:

Através de um computador já cadastrado e liberado, por meio da opção de menu  "Configurações> Outras Opções > Computadores > Liberação de  Computadores";

Terminais de auto-atendimento (caixas eletrônicos);

Através da sua Cooperativa de Relacionamento.

DDA (DÉBITO DIRETO AUTORIZADO)

O DDA (Débito Direto Autorizado) é uma inovação que tornará os serviços  bancários ainda mais eficientes. Os cooperados que aderirem a esta modalidade poderão acessar de forma eletrônica (internet e caixa eletrônico) suas contas a pagar, antes remetidas em forma de boletos de  cobrança (títulos), como por exemplo, condomínios, parcelas de seguro de saúde, mensalidades escolares etc.

O débito não seráautomático, pois é você quem decide quando e como vai pagar, assim como  faria com os boletos impressos. O DDA apenas disponibiliza os boletos de forma eletrônica, sem a utilização do formulário em papel.

No início não serão aceitos contas de tributos e serviços públicos.


GERENCIAMENTO

A opção Gerenciamento de Computadores permitirá que o usuário visualize a quantidade de computadores cadastrados que o usuário tem acesso. Ao  selecioná-la, a seguinte figura será exibida:

Com o computador devidamente liberado, o associado poderá gerenciar todas  as informações referentes aos computadores cadastrados, sendo permitido:

• Alterar a quantidade padrão de computadores que podem ser cadastrados;
• Descadastrar computadores liberados;
• Alterar a data de validade de cada computador;
• Alterar o apelido do computador.


DDA - PERGUNTAS FREQUENTES

Quais os benefícios do DDA?

Quem paga (sacado) tem:

- Certeza do recebimento do boleto;
- Conveniência para visualizar e pagar seus boletos nos canais eletrônicos, onde quer que você esteja;
- Maior controle das contas a pagar.

Quem cobra (cedente) conta com:

- Maior controle das cobranças a partir do seu registro;
- Rapidez e certeza na entrega da cobrança;
- Diminuição de fraudes.

O meio-ambiente manterá anualmente:

- 350 mil árvores;
- 1 bilhão de litros de água;
- 46 milhões de kW/hora;
- E um ar mais limpo, pois deixam de ser emitidos milhões de quilogramas de dióxido de carbono*.

* Estimativas baseadas na emissão de 2 bilhões de boletos/ano (2008) e na produtividade do eucalipto.

Como é feita a adesão ao DDA?

Você poderá fazer a sua adesão no SicoobNet Pessoal ou nos caixas  eletrônicos de auto-atendimento por meio da opção Pagamentos. Você também poderá dirigir-se a sua Cooperativa e solicitar a adesão nos  caixas.

A Febraban prevê o lançamento do DDA em outubro deste ano.

Antecipe-se e seja um Sacado Eletrônico. Para fazer sua adesão agora, clique aqui.

Poderei aderir ao DDA por meio de qual tipo de conta?

Você poderá aderir ao DDA somente por meio de conta corrente.

Quais registros serão cobrados no DDA?

Todos os boletos de cobranças registrados desde que o sacado do título tenha  feito adesão como sacado eletrônico. Tributos e contas de serviço público não serão disponibilizadas no início.

Poderei visualizar registros de cobrança de outro sacado cujos pagamentos estão sob minha responsabilidade? (Exemplo: mensalidade da faculdade de um filho, plano de saúde dos pais)

A visualização desses boletos será possível mediante autorização dos sacados originais (filho, pai).

Se eu aderir ao DDA o registro será debitado automaticamente?

Não, é você quem decide a forma de pagamento do registro. O DDA apenas apresenta o boleto de cobrança eletronicamente.

Qual a diferença entre o DDA e o débito automático?

O DDA é a apresentação eletrônica do registro. O débito automático é uma  autorização permanente de liquidação de obrigações, principalmente aquelas relacionadas ao pagamento das contas de concessionárias de serviços - água, luz, telefone e gás - previamente contratado e debitado na sua conta na data de vencimento.

Em que casos receberei boletos em papel, mesmo tendo sido cadastrado como Sacado Eletrônico?

Se o cedente ("cobrador") também postar o boleto para o sacado ("quem paga") além de ter inserido o registro no DDA;

Se o cedente ("cobrador") não faz uso da cobrança registrada;

Caso a conta seja referente a arrecadação de tributos ou concessionária de  serviços públicos, e neste caso, o pagamento será realizado nos meios  convencionais.

O que devo fazer se receber o mesmo boleto impresso e eletrônico?

Basta o sacado eletrônico (pagador) ignorar o boleto impresso e pagar o  eletrônico, pois a mesma não foi duplicada e a liquidação da dívida  ocorrerá da mesma forma.

O que pode acontecer se eu não pagar o registro eletrônico?

O não pagamento de um registro eletrônico sujeita o Sacado às mesmas  sanções existentes no processo de liquidação de boletos de cobrança(multas, atualizações monetárias, protesto etc.)

Caso não esteja de acordo com as informações apresentadas eletronicamente, a quem devo recorrer?

Você deve recorrer ao cobrador ("cedente") da dívida, pois é dele a  responsabilidade sobre as informações do boleto, seja eletrônico ou em  papel.

Como devo proceder se o cobrador ("cedente") conceder um desconto ou prazo maior para pagamento?

Neste caso caberá à ele (cedente) proceder as alterações no DDA, de maneira que o novo registro contemple a nova negociação.